TREM DAS ÁGUAS


Viajar no Trem das Águas é retornar ao passado, em uma antiga ferrovia projetada e construída pelos ingleses há 115 anos e é capaz de sentir a emoção por onde viajou por D. Pedro II e toda sua comitiva imperial, quando procuraram o clima ameno de Minas Gerais e a salubridade das águas da região. Você vai viajar no túnel do tempo, ouvindo os apitos melódicos e poéticos e bater o sino de uma original 'Maria Fumaça' (locomotiva de fabricação norte-americana de 1925), com seu ruído cadenciado da expulsão do vapor e o inimitável som do ranger de seu braçagens. .

GALERIA


COMO CHEGAR LÁ


 
História
Minas e Rio CIA de estrada de ferro originou-se de uma concessão feita em 1875 pelo Governo Imperial a José Vieira Couto de Magalhães (Viscont) e Visconde de Mauá (histórico em projetos ferroviários), com o nome da ferrovia "Minas - Rio", sendo este o último compromisso de Mauá com um projeto ferroviário . Os trabalhos de construção começaram em 21 de Abril de 1881, comandada por uma empresa chamada "Minas e Rio Railway". Os trabalhos de construção começaram em 21 de Abril de 1881, a ferrovia foi inaugurada em 06.14.1884 e a sua viagem de abertura com a presença de Dom Pedro II e sua comitiva (que já tinha visitado as obras em 1883). Para a abertura Dom Pedro percorreu 170 km de viagem, ligando as cidades de "Cruzeiro" para "Três Corações" e como sua satisfação com a condução do comboio inaugural ao quando chegar em "Três Corações", ele honrou o engenheiro inglês, Henry Turner, com um abraço. Mais tarde, a ferrovia inglesa voltou a concessão ao governo federal, que depois de várias mudanças de administração foi criada a RMV (Rede Mineira de Viação) e, finalmente, em 1991, já sob o controle da RFFSA, a estação foi fechada. Atualmente, os 170 kms originais, apenas 20 estão em condições de funcionamento, graças ao trabalho da ABPF que mantém aberto ao tráfego trechos de "Passa Quatro" da cidade, onde funciona o "Trem da Serra da Mantiqueira" e o "Trem das Águas", "São Lourenço" cidade.